blog-img1

Benefícios da hospedagem SSD

O que é SSD

A sigla SSD significa Solid State Disk, ou Unidade de Estado Sólido, em português. É um dispositivo de armazenamento que é uma espécie de evolução do HD. Diferentemente do Disco Rígido, o SSD não utiliza processos mecânicos para realizar a escrita e leitura dos dados.

Isso é possível porque o SSD utiliza memória do tipo Flash, simular ao pendrive, por exemplo. Assim como o pendrive, o SSD não perde os dados quando desligado e não possui partes mecânicas. A diferença é que o SSD é muito mais complexo que o pendrive, possuindo memória cache e suporte a requisições simultâneas, requisitos essenciais para funcionar em computadores e servidores web.

Outra diferença do SSD para o HD é que o disco sólido utiliza circuitos integrados para guardar as informações, e não um disco físico, como o HD. Ou seja, o SSD não tem partes móveis como o HD, e utiliza apenas recursos eletrônicos para realizar o seu trabalho.

Essas características podem proporcionar uma melhor hospedagem do seu site, otimizando significantemente a sua aplicação. Vamos conhecer os principais benefícios.

 

As hospedagens SSD oferecem uma velocidade muito maior de transferência de arquivos e de carregamento do site.

Servidores que utilizam HD para armazenamento de dados dependem da atuação mecânica dos componentes físicos do equipamento, o que diminui consideravelmente a velocidade. Enquanto isso, o SSD trabalha com pulsos eletrônicos instantâneos, o que deixa tudo bem mais rápido.

Isso afeta o tempo de carregamento da página, a velocidade para subir os arquivos por FTP para sua hospedagem e também a rapidez com que o sistema grava e lê arquivos nos bancos de dados.

De maneira geral, o SSD é 15 vezes mais veloz para escrever e consultar dados do que o HD, o que resulta em um carregamento do site até 20 vezes mais rápido.

2 – Disponibilidade

Hospedagens que utilizam SSD otimizam a disponibilidade e a estabilidade dos sites. Enquanto falhas físicas no HD podem deixar o serviço fora do ar, hospedagens com SSD não enfrentam esse problema (muito raramente isso ocorre).

O SSD suporta um número muito maior de requisições do que o HD, e a sua velocidade de consulta aos dados faz com que ele responda às chamadas de maneira mais veloz, ficando logo disponível para a próxima requisição.

Isso é muito importante especialmente para aplicações tráfego intenso. Imagine que você possui uma loja virtual que está com uma promoção. Essa oferta gera ao seu site um número de acessos muito grande, o que faz com que o serviço fique fora do ar. Essa situação faria muito mal para a credibilidade do seu negócio, não é mesmo?

Ter um site disponível a maior parte do tempo é crucial para passar confiança aos usuários, e o uso do SSD na hospedagem pode otimizar consideravelmente o Uptime da aplicação. Visitantes de um site hospedado em SSD tem maior probabilidade de ter uma navegação mais estável.

3 – Durabilidade

Por não possuir partes mecânicas que desgastam com o tempo, o SSD dura muito mais tempo que o HD. O uso frequente do motor e da cabeça de leitura do Disco Rígido faz com que este atinja seu tempo de vida útil em alguns anos, principalmente em hospedagens em que os dados estão sendo acessados 24 horas por dia.

Em contrapartida, os circuitos digitais do SSD fazem com ele possa durar décadas. Isso afeta na qualidade da hospedagem: enquanto alguns provedores necessitam interromper o serviço temporariamente para substituir um disco danificado, a durabilidade do SSD proporciona uma melhor hospedagem para o site.

Compartilhar conteúdo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email